sábado, setembro 30

1/4


Recinto dos sonos, sonhos e desvairios. Aqui meu corpo desce a malha do colchao, meu cheiro esta preso ali, meus livros me prendem a ele, em solidao. Acompanhada de sossego falso, revestido por grosso concreto, pela janela de vidro abstrata que estremece com o marulho dos ventos e o fervilhar dos carros, genteando o redor de barulho facil. Meu leito ainda me sustenta em quatro patas de madeira, alias, desde meus primeiros anos. O calor em baforadas vespertinas me pede por detras das cortinas para ligar o ventilador, atirar as palavras do dia nas helices giratorias e imperceptiveis, enxugar o choro da fronha, o gozo do lençol, a baba, o mijo de criança persistindo na lembrança. 4 paredes que foram brancas, hoje amarelecidas, a abrigar mulher menina de la' fora a perder mais de 1/3 da vida morfando e renascendo. Todos os dias. Ou por enquanto.

Um comentário:

Franco disse...

very nice blog!
My name is Franco Di Giacomo
Would it make fun for you,
to make money in the Internet?
(Income for Life!)
Yes?
NEW Business, see the GDI video
www-franco.blogspot.com