quarta-feira, abril 13

Homenagem ao dia do beijo: a foto do século

Foi no dia 14 de agosto de 1945. O Japão assinou a rendição, a guerra acabou e nos Estados Unidos as pessoas foram pras ruas para comemorar. O fotógrafo da revista Life, mestre do foto-jornalismo, Alfred Eisenstaedt, captou esse momento em que um soldado da marinha pegou uma enfermeira e deu um beijo nela. A imagem percorreu o mundo como símbolo da paz e de um tempo novo.
Mais de sessenta anos depois, Edith Shain toma o retrato em suas mãos e, emocionada, rememora o acontecimento: "Naquele dia eu ia do hospital para Times Square porque a guerra havia terminado, o rapaz me pegou e nos-beijamos; ele seguiu o seu caminho e eu o meu. Não tinha como saber quem era, mas não me importou porque era alguém que tinha lutado por mim".

2 comentários:

Blog do Wilkie disse...

Os meus olhos de adolescentes sempre viram essa foto como um reencontro após a guerra. Sabendo agora que foi um acaso, a emoção cresceu...

Paola Benevides disse...

Muito bom saber disso. É emocionante mesmo o que pode suscitar uma fotografia e, especialmente, o que há por trás dela.