domingo, abril 5

Paolíssima...

Coisas que me deram...
Coisas que me dão TESÃO: lábios finos, cabelos louros, calvície, quarentudos, artistas, barbicha, óculos, pelos, tênis, pênis alto, talento manual, urros abafados, elogios inesperados, sons coloridos, cheiros salgados, fotografia, livros, convites, caipirinha, sushi, informalidade, papos transcendentais, sonhos sem pé nem cabeça, bichanos, delineador preto para olhos, unhas compridas, botas, pin-ups, pastel da Leão do Sul, perfume de supermercado, uísque "professor" 30 anos, rock and roll, astrologia, experiências de carne e anímicas, amigos que não somem, somatórios de vida, teatro, nonsenses, o universo virtual, cemitérios, motos, estrada, gramado, praia sem sol, mochileiros, breguice, depilação (às vezes), freakness, solidãozinha, filmes de drama, escritoras suicidas, blogues, zines, cartas, barra de chocolate, suco de cajá, suspensórios, charuto, chapéus, sudoku, mp3, autodidatismo, lavanda e língua inglesa, flores, pés descalços na areia, selvagens, indies, do it yourself, escatologia, professores, Irlanda, microfone sem fio, ovo frito, segredinhos sujos, vento na cara, calor, Orkut, humor cearense, show de trans, entrevistas, geléia de mocotó, ler na rede, dormir de conchinha, dança, jeans, museus, motéis, cafés, paixão, narcisismos, simplicidade, Dragão do Mar, curtas, colagem, silk-screen, paisagens da janela do ônibus, jogos de palavra, pendrive, celular no silencioso, mímica, poder, incenso de mirra, botequim, jujuba, caronas, WC limpo, gays, ócio, dicionário, tons de vermelho, estúdio musical, crise de riso, CD-RW, longneck, Bono, Bowie, (money in) Cash, Morrison, chuva bruta e o que mais não for de tão literal.


Porque sou louca, tarada, me descabelo em noite plena de lua e cheiro a leite, leite bem quente mamado da mãe Terra!

Um comentário:

Soraya Cruz Wallau disse...

Adoro o seu blog e esse post mais ainda!
Bjos.